Implicações da IATF 16949:2016 no PPAP de Clientes
PPAP de Clientes

Devido ao acréscimo de fiscalização na segurança de peças e processos que a IATF 16949:2016 exige, os fornecedores de autopeças terão que seguir à risca as condições de qualidade estabelecidas pelos seus clientes durante o ciclo de fabricação do produto, uma vez que, caso os fornecedores não cumpram com as especificações presentes no manual mandatório de elaboração do produto (PPAP), os clientes poderão aplicar multas agressivas nos mesmos, responsabilizando-os por não terem seguido as etapas acordadas no PPAP.

Em outubro de 2016, a IATF – International Automotive Task Force (Força Tarefa Internacional Automotiva) – publicou a revisão da norma de gestão da qualidade voltada ao setor automotivo, que de ISO/TS 16949:2009 passou a se chamar IATF 16949:2016. Dessa forma, empresas certificadas pela ISO/TS 16949:2009 necessitarão realizar a transição para a IATF 16949:2016 até a data de 14 de setembro de 2018.

Para atender com excelência os problemas recentes das indústrias automobilísticas e acompanhar os avanços tecnológicos, a IATF 16949:2016 tem como foco algumas mudanças, e dentre as mais significativas, destacam-se:

  • Aumento de requisitos relacionados à segurança de peças e processos;
  • Melhores requisitos para rastreabilidade de produtos com o objetivo de dar suporte as mudanças regulatórias mais recentes;
  • Inserção de requisitos para produtos com software integrado;
  • Exigência de um processo de gestão de garantia, incluindo atendimento NTF (“no trouble found”) e o uso das orientações/guias da indústria automotiva;
  • Clarificação dos requisitos para gestão e desenvolvimento de fornecedores;
  • Adição de requisitos de responsabilidade corporativa.

Como o módulo de PPAP de Clientes da SIQ Systems previne que o fornecedor seja multado pelo seu cliente?

O módulo de PPAP de Clientes impede que o produto saia da planta do fornecedor com destino ao cliente se alguma informação do PPAP estiver pendente ou equivocada, bloqueando o produto no faturamento antes de sua expedição. Evita-se assim que as mercadorias que não cumpram com o PPAP pré-estabelecido sejam transportadas até os clientes, reduzindo a probabilidade de problemas advindos de processos não conformes e aumentando a credibilidade do fornecedor perante seu cliente.

Essa inteligência do módulo de PPAP de Clientes tem como objetivo principal prevenir que os fornecedores sejam multados, pois como o sistema informa que há algo de errado, os fornecedores têm tempo para trabalhar no problema identificado, promovendo alterações em seus processos até que os mesmos estejam em conformidade com 100% dos requisitos designados pelo cliente no manual do PPAP.

Um outro ganho proporcionado pelo módulo de PPAP de Clientes é a possibilidade de informar as áreas das empresas sobre os prazos para cumprimento de cada etapa do PPAP. Quando um cliente exige que determinado produto seja entregue em um prazo de dois meses, por exemplo, essa informação é alimentada no sistema SIQ e este inicia a emissão de avisos aos responsáveis por cada atividade, servindo de alerta para que a realização dessas atividades do PPAP sejam concluídas no tempo certo para atender o prazo. O sistema também notifica quando alguma atividade estiver pendente, se tornando um grande apoiador para que as áreas assegurem que seus processos sejam sempre seguros e garantam a qualidade acordada.

Quer saber mais sobre o módulo de PPAP de Clientes? Entre em contato conosco e agende uma visita!

SIQ Systems – 20 anos de experiência no mercado de Software voltado à Gestão da Qualidade para empresas de diferentes portes e segmentos.